sexta-feira, 10 de julho de 2009

Hoduras

EUA se colocaram contra o golpe. Brasil e vários outros países alem de manifestar descontentamento com o golpe precipitaram-se em colocar o retorno de Zelaya como condição inicial das negociações o que acabou fazendo a OEA perder sua saliva* indo a Tegucigalpa expor sua intransigência.
É preciso fazer política (acordo entre as partes) e ser o mais democrático possível no processo, se os militares e o parlamento de Honduras chegaram ao extremo do golpe não era de se esperar que voltassem atrais com pressão e sem acordo. Em complemento o acordo é mais democrático e atende melhor as partes que se dizem democráticas como a maioria dos paises que estão se dando ao envolvimento.
Acordo é que Zelaya esqueça suas ambições de poder a la Chaves (3ª. mandato), vai retornar ao pais, ao poder e escapar de processo legal dependendo de sua habilidade de negociação. A meu ver os países democráticos a começar pelos EUA passarão a negociar com Honduras mais dia menos dia com ou sem Zelaya.
*A saliva dele e o dinheiro do povo Brasileiro que bancou a viagem.

Quem sou eu

Minha foto

Sinceridade ou talvez o silêncio em vez do vão mas não ao redor ou a falsidade. 
Perder é uma arte, não perder é impossível.

Google+ Badge