quarta-feira, 29 de julho de 2009

Entrevista de Rafael Nadal


Muito seguro de si falou que seu problema é seu joelho e nenhum outro, agravado pelo fato de ele não saber parar na hora certa, como para ele esta tudo claro as soluções são mais exercícios e melhor conhecimento sobre o problema para parar em momentos mais inteligentes. Vai voltar a jogar, não deu data e nem prometeu o primeiro lugar e por isso mesmo aconselho aos jogadores de tênis do circuito aproveitarem ao máximo seu período de ausência.
Rafael Nadal é uma figura impar do circuito de tênis, não tão direito como seu arqui-rival Federer ele é esquerda inclusive na mão que segura a raquete.
Vide a diferença entre os dois blogs, o do primeiro tem fundo branco, o segundo preto, o primeiro faz questão de mencionar sua fundação, Rafa tem um site mais moderno, na minha leitura mais confuso ao mesmo tempo forte e possibilitando mais contato. Li que ele se separou da família (o que considero normal de sua idade) e que para suportar as dores no joelho chegou a injetar “calmante” diretamente no joelho.
Ele joga com a mão esquerda mas escreve com a direta. Nem sempre isto foi assim quando Rafa começou a jogar com seu tio que até hoje é seu treinador, jogava com as duas mãos até que aos 9 anos o tio decidiu que ele deveria usar a esquerda.
São ou não são elementos tradicionais de um gênio que age e se apresenta de maneira controversa!?
Com 23 anos o cara já ganhou 25 milhões apenas em prêmios, sem contar o que ele ganhou de patrocínio.

Quem sou eu

Minha foto

Sinceridade ou talvez o silêncio em vez do vão mas não ao redor ou a falsidade. 
Perder é uma arte, não perder é impossível.

Google+ Badge